30

JAN

Plano de Saúde da Prodemge: fique por dentro do reajuste

30 JAN 2018

A Fundação Libertas informa que o Plano de Assistência à Saúde da Prodemge é custeado por reservas constituídas pelas contribuições da Prodemge e dos Beneficiários.

Assim, conforme regras expressas no Regulamento do Plano, as contribuições deverão ser reajustadas, anualmente, quando verificados indícios de desequilíbrio econômico-financeiro ou quando a alteração se justificar por razões técnicas ou conjunturais.

Todo reajuste proposto para manutenção da saúde financeira do Plano é fundamentado em estudos técnicos, amplamente debatidos e aprovados pelos Conselhos Deliberativo e de Curadores, pelas Diretorias Executivas da Prodemge e da Fundação Libertas, conforme disposto na regulamentação aplicável pela Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS.

Dessa forma, com base nos estudos técnicos realizados pela Fundação Libertas, devidamente debatidos e aprovados, visando recuperar o equilíbrio financeiro do Plano, a partir de janeiro de 2018, a contribuição será alterada conforme tabelas a seguir (link abaixo), que implicam em uma variação de 20% para o titular e dependentes diretos e 35% para os dependentes especiais.

Ressalta-se, ainda, que os salários que servem de base para o cálculo da contribuição passam a estar sujeitos a um piso de R$2.674,92 (dois mil, seiscentos e setenta e quatro reais e noventa e dois centavos) e a um teto de R$13.373,26 (treze mil, trezentos e setenta e três reais e vinte e seis centavos).

Para melhor entendimento, click no link ao final da matéria para comparar as tabelas de reajustes.

Como parte da redefinição do plano de custeio, para que o equilíbrio técnico do plano seja restabelecido, foi revisado e aprovado um novo modelo de coparticipação nas utilizações do Plano, incidente sobre o valor dos serviços prestados aos titulares e dependentes, conforme apresentado no quadro comparativo (link).

Para mais informações, os beneficiários podem ligar para a Central de Atendimento da Fundação Libertas:
0800 704 3700 ou (31) 2111-3700.

Arquivo(s):