10

JUN

Abertura oficial do Planejamento Estratégico Previdencial e Assistencial

10 JUN 2015

Aconteceu nesta quarta-feira, no auditório da Fundação Libertas, a abertura oficial do Planejamento Estratégico Previdencial e Assistencial da entidade, com a presença de dirigentes, conselheiros e colaboradores. Além de apresentar as linhas gerais do trabalho, os fundamentos, as etapas e as ferramentas que serão utilizadas, o diretor-presidente Edevaldo Fernandes da Silva destacou que o êxito dessa iniciativa depende da participação de toda a equipe, independentemente de cargo ou função. Segundo Edevaldo, uma entidade de previdência lida com pessoas, em diferentes estágios de vida, que têm que se sentir seguros com a proteção que oferecemos por meio da nossa atenção e foco. E afirmou: Para tanto, o envolvimento de todos nós é indissociável de uma proposta como esta, pois o Planejamento Estratégico vai apontar o caminho de um futuro ainda mais seguro aos milhares de participantes e assistidos da entidade.

O Planejamento Estratégico da Fundação Libertas será norteado pela Educação para a Seguridade, com foco na atenção a participantes e patrocinadoras. À frente da operacionalização das ações, está o grupo de trabalho constituído pela Diretoria Executiva, coordenado por Thales Magno Dala Vedova de Melo, gerente de Planejamento e Controles Internos.

Ao parabenizar a Diretoria Executiva pela iniciativa, Helter Verçosa Morato, presidente do Conselho Deliberativo, destacou que o Planejamento Estratégico vai indicar aonde queremos chegar e o que fazer para concretizar esse desejo institucional. Helter Morato dirigiu-se especialmente aos demais conselheiros deliberativos, convocando-os para participar desse importante marco na trajetória da Fundação Libertas.

Andréa Thereza Pádua Faria, presidente do Conselho Fiscal, afirmou que o conselheiro representa os interesses da Fundação Libertas em sua totalidade, responsabilidade que independe do plano ao qual está vinculado. De acordo com Andréa, com o Planejamento Estratégico, que a partir de hoje se incorpora ao nosso dia a dia, teremos respostas às expectativas de evolução institucional, cujos resultados visam a perpetuar a segurança da concessão dos benefícios previdenciários e assistenciais.

Coordenador do grupo de trabalho responsável pelo projeto, o gerente de Planejamento e Controles Internos Thales Magno agradeceu a oportunidade de participar e contribuir com a iniciativa. E afirmou: Estamos nos dedicando ao máximo à empreitada e, com o apoio da Diretoria Executiva, Conselhos e todos os colaboradores, vamos ter em mãos o caminho para uma entidade ainda melhor.

Durante todo o encontro, o diretor-presidente Edevaldo reforçou o convite a todos os colaboradores para participarem do projeto, que se dará por meio de vários canais (questionário e entrevista, entre outros). De acordo com Edevaldo, o importante é integrar-se a este projeto, compartilhar suas ideias e opiniões acerca da Fundação Libertas que queremos entregar aos nossos participantes e patrocinadoras. Participem, envolvam-se na construção da entidade que desejamos para os próximos 5 anos. E concluiu: Com o Planejamento Estratégico Previdencial e Assistencial, a Fundação Libertas que idealizamos começa a ser construída hoje. O futuro nos aguarda.